pm_viaturas

Policial militar é preso suspeito de atear fogo em jovem durante abordagem

Capital, Geral, Zona Sul 1 Comentário 0

Uoshington Ramalho da Silva, de 19 anos, sofreu queimaduras em 50% do corpo

Da Redação 

Um policial militar foi preso em flagrante durante uma abordagem na noite de sábado, 8, em Americanópolis, zona sul de São Paulo. O PM recebeu voz de prisão dos próprios companheiros, que não compactuaram com a sua atitude, após supostamente ter ateado fogo em um jovem.

A agressão aconteceu depois que acabou o combustível da moto em que estavam dois jovens. Um casal ofereceu ajuda e foi buscar gasolina. Em seguida, os jovens que dirigiam a moto foram abordados por 4 policiais militares. O casal voltou com o combustível e foi embora.

Segundo William Gonçalves da Silva, de 22 anos, o policial jogou combustível na cabeça dele e na do amigo, mas ele saiu correndo e conseguiu escapar. Porém, Uoshington Ramalho da Silva, de 19 anos, começou a pegar fogo. Ele teve queimaduras de terceiro grau em 50% do corpo.

De acordo com o comandante interino, Gilson Paulo, o PM preso descreveu o fato como “um acidente”. De acordo com a versao do policial, que está há dois anos na corporação, o cigarro que ele estava fumando caiu no chão e “acabou pegando fogo em uma das vítimas”.

A Polícia Civil investigará o caso. O PM deve ser autuado em por tortura e tentativa de homicídio e, posteriormente, transferido para o Presídio Militar Romão Gomes.

(Foto de capa: Governo do Estado de São Paulo) 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a comment


*


CC 3.0, exceto quando especificado ou para conteúdos reproduzidos de terceiros. O crédito à SpressoSP é obrigatório. Por Bryan.com.br

Search

Back to Top